segunda-feira, maio 19, 2008

Semáforo

O coração parou de acelerar diante de tal visão.
A ligação deixou de existir, de ter razão.
A sede de novidades voltou a incomodar.

Querer mais e mais e mais teve seu preço.

Hoje, sorrisos tranquilos, saudade apertando e um caminho a trilhar.

O sinal abriu.


...a novidade veio dar à praia na qualidade rara de sereia...